Presidente do COI elogia FIVB em histórica reunião conjunta

Publicado em 04/12/2019

O Presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, elogiou a Federação Internacional de Vôlei (FIVB) por seu compromisso com a inovação pioneira em todas as áreas do vôlei em uma histórica reunião conjunta na nova Casa Olímpica. A reunião foi a primeira a ser realizada entre o Conselho Executivo do COI e o Comitê Executivo da FIVB, que se tornou a primeira Federação Internacional a realizar uma reunião conjunta com o COI em sua nova sede, inaugurada oficialmente em junho de 2019.

O presidente da FIVB, Ary Graça, compartilhou estatísticas importantes que destacaram o trabalho da FIVB para engajar nos fãs do vôlei em todo o mundo. Após a apresentação, o presidente Bach parabenizou a FIVB por seus esforços para inovar e destacou o sucesso da Liga das Nações de Vôlei.

“Estamos muito satisfeitos por ter uma de nossas Federações Olímpicas Internacionais de maior sucesso aqui conosco. A FIVB entende o que significa ser um esporte global e todos os desafios que pode enfrentar. O vôlei Se encarou os desafios, apresentou desenvolvimentos e estou muito satisfeito com a proveitosa reunião hoje. O lema da FIVBS é inovação e o COI diz o mesmo, mas em palavras diferentes: mude ou seja mudado. Se queremos manter nossa relevância, precisamos inovar, mudar, caso contrário, ficaremos para trás e potencialmente desapareceremos. Hoje, estamos compartilhando a abordagem para esses desafios”.

As duas organizações também ressaltaram a importância da igualdade de gênero e o presidente Ary Graça descreveu como a FIVB está trabalhando duro para promover o esporte feminino a nível internacional e revelou que a sede da FIVB emprega um número igual de funcionários homens e mulheres, sendo 45% dos diretores do sexo feminino.

“Ser o esporte da família e a igualdade de gênero são muito importantes para nós”, afirmou o presidente da FIVB. “ A FIVB sempre usou sua plataforma para promover e capacitar mulheres e meninas. Na quadra de jogo, as equipes femininas recebem o mesmo prêmio em dinheiro e cobertura que as equipes masculinas e homens e mulheres têm os mesmos resultados financeiros. Acredito que isso nos diferencia de muitos outros esportes”, completou.

Outros assuntos abordados incluíram a atualização sobre a autonomia dos esportes, a não discriminação, antidoping, boa governança e os preparativos para os próximos Jogos Olímpicos e Jogos Olímpicos da Juventude. O diretor do COI, McConnell, destacou o sucesso da FIVB nos Jogos Olímpicos recentes, particularmente nos Jogos Rio 2016, onde o vôlei feminino foi o evento mais visto em todo o programa olímpico. Ele também elogiou os esforços de apresentação de esportes e envolvimento da FIVB, tanto para os fãs no estádio quanto para os que assistem e interagem digitalmente em todo o mundo.

“A maneira como a FIVB impulsiona o envolvimento dos fãs e a apresentação dos espectadores é algo que apoiamos e com quem estamos procurando parceria. Olhando para Tóquio 2020, temos ótimas instalações para vôlei de praia e vôlei. A demanda de ingressos é incrível e estamos no caminho de uma edição incrível dos Jogos” , disse McConnell.

Durante a reunião, a tricampeã olímpica de Cuba e vice-presidente executiva da FIVB, Mireya Luis, recebeu oficialmente o status OLY do presidente Bach. Mireya ganhou o ouro com a equipe nacional de Cuba nos Jogos Olímpicos de Barcelona 1992, Atlanta 1996 e Sydney 2000.

A reunião foi concluída com os dois presidentes concordando em trabalhar em conjunto para o bem do Movimento Olímpico e o compartilhamento dos valores olímpicos em todo o mundo. “Esta foi uma excelente oportunidade para trocar nossos pontos de vista e mostrar nossas respectivas posições em diferentes questões”, disse Bach. “Isso nos deu a oportunidade de fortalecer nossa cooperação. Obrigado pela sua apresentação e pela atitude por trás dos fatos expostos”, disse Bach, se dirigindo a Ary Graça.