VNL tem audiência global de 1,5 bilhões

Publicado em 25/11/2019

A Liga das Nações de Voleibol de 2019 (VNL) atraiu uma audiência global acumulada de mais de 1,5 bilhão de pessoas, de acordo com o Relatório Nielson, anunciado no início desta semana. O presidente da Federação Internacional de Vôlei (FIVB), Ary Graça, apresentou os números surpreendentes durante a reunião do Conselho da VNL na sede da FIVB em Lausanne, onde estavam representados cada um dos países que participaram da VNL.

Ao longo da competição, que ocorreu de 21 de maio a 14 de junho, foram transmitidas 9.291 horas da competição,em 131 territórios diferentes ao redor do mundo. O público acumulado total teve um aumento de 200 milhões em relação a VNL 2018 e mais do dobro da audiência média da Liga Mundial e do Grande Prêmio. Além disso, a VNL deste ano registrou mais de 10 milhões de visualizações no YouTube, um aumento de 778% em relação ao ano anterior.

O presidente Ary Graça também compartilhou os impressionantes números digitais do evento, incluindo 3,8 bilhões de impressões em mídias sociais e 16 milhões de interações. As várias contas de mídia social da FIVB ganharam mais de 550mil seguidores após o evento, enquanto o site oficial da VNL registrou 12 milhões de visualizações de página.

“Os resultados que alcançamos são notáveis. Estávamos com o objetivo de alcançar alguns desses números em 4 ou 5 anos, mas já conseguir chegar lá neste momento mostra o sucesso do VNL junto os fãs do vôlei. Nos orgulhamos de estar na vanguarda da inovação e nossa reunião de hoje foi muito importante para garantir que continuemos o trabalho para o benefício da família global de vôlei”, comentou Ary Graça.

O Conselho também ouviu os estudos de caso das Federações Nacionais do Japão e da Holanda sobre a experiência de sediar jogos, bem como os resultados do Relatório de Produção de Áudio e Vídeo da VNL de 2019, o Relatório de Distribuição de TV, o Relatório de Distribuição de TV, o Relatório de Mídia Digital e Social e o Relatório Comercial.

Muitos membros do Conselho da VNL, incluindo Cristobal Marte Hoffiz, primeiro vice-presidente executivo da FIVB; Juan Antonio Gutierrez, presidente da Federação Nacional Argentina, e Geert De Dobbeleer, da Federação de Vôlei da Bélgica, elogiaram o trabalho realizado pela FIVB em profissionalizar o esporte, sendo o VNL um verdadeiro exemplo disso. A transparência do processo de tomada de decisão também foi elogiada durante a reunião.

O VNL feminino 2020 começará em 19 de maio, com a competição masculina iniciando em 22 de maio.